reS guardo à linha da pele

animais antigos ecos

cidreira crianças canela:



bor dar-me

de resto S

nu ra Sto.






foto. autor não id.

10 comentários:

JRL disse...

gosto de ler o teu sentir. um beijo

Gi disse...

-pi

antes tecer de restos
que tecer de rastos ...

também aqui se vai deixando
um fio de palavras , para que teças a tua teia Sê a aranha .

Um beijo

Ruela disse...

os dedos escrevem o corpo
num sono enrolado

legivel disse...

nu rasto

de repasto

e do umbigo de susana

passei toda a semana

não oiçam o que digo

não há susana nem umbigo.




(o tipo está cada vez pior...)

Ruela disse...

;)

Rui disse...

e já não há umbigo,
nem tão pouco Susana,
já não sei o que digo,
vou procurar o da Ana...

~pi disse...

obrigada...aos umbigos, aos fios aos sentires aos dedos...:)

nana disse...

na pele que fica
fica
suspensa
em eco
de toque.




....






x

~pi disse...

remanesc.S.endo

Anônimo disse...

is that you?

Loading...