~



fron


t eiras (




maria claudina ~



luci ~




rosalina ~







( 3 tarde 3


tardes 3 ) terras de chão calado ( tri circu lar


alimento ( 6 olhos quilha 1


nave gar )( rio ferve ouro que ferve a chiar


caldos de chuva maçãs no olhar


cheiro de fontes pirilampar )


eco volátil in cubo nesga


varro que varro mão corpo aberto


tender massas de ama ss ar


rocas de linho madrinhas fadas que dentro in vente


a in vent ar


( ja nelas de se en cantar reza 1 feitiço 3 )(


)( dai-me ai dai-me a beber a seiva pari-me ventre

serenidade


a primeira luz acenda a mão


sopa de pedra gesto de flor na boca sal


manhã que creia tri pé madeiras dias de sépia


de sempre igual



arran cai-me erva treva s de ver


re colhei-me ( cerrada de olhos



e a col ai - me ( pequeno frio em xaile quente


a a prender-vos )( calai- me


) sopr ai-me redondezas de anjo abri-me lobo nos dedos


a seguir vento s
murmurar água s


) penedias rãs en cantações estigm ando o pinh al


revelai-me o mistério que ri nas sementes ai


e soprai-me em segredo a graça da língua


( chorai o som 3 do lente de dor ( lenta me varra que do vento vá )


in suflai cega mente a luz da cegu eira


) atai-me integral


a brando silêncio de verde vestal (






~


27 comentários:

f@ disse...

A tempada mente colo e o emba(l)ar do sonho... as sim a amassar o pão com o ar do tempo nas pa lavras que dizem os sentimentos...
beijinhos das nuvens

/t. disse...

<3
to ~pi
&
all the
beautiful
women of ~portugal!

¤ ¤ ¤

/t.

RAFAEL REYES LÓPEZ DE NEIRA disse...

Fronteiras entre a VERDADE e a verdade, insulas que ecoam, cega luz que deslumbra, o lugar sen nome ao que voltar para esquecer as palavras.

RAÚL disse...

6 ojos lúcidos. lindos!

maria m. disse...

marcas luminosas no tempo

Anônimo disse...

tanto de beleza como de magia...

um Ar de disse...

Supondo que ainda irás remexer neste poema, apanho, antes que fuja essa ideia de "embalar cegamente a cegueira"...
Fico a pensar nela...
Até já.
[Beijo de regresso]

~pi disse...

sim, mexerei muito

no poema, querida um ar de

[ pelo menos,

como ele mexe, vivo

e a res pi rar em mim... :)



obrigada.beijo

dona tela disse...

Xaaaauuu!!!!

jugioli disse...

Pintar com palavras
desse cotidiano ouro
de ânimo
de amor

palavras pinturas
ditadas
no murmúrio
dos afetos

Uma beleza o seu poema,

bjs.

Ju gioli

Charlie disse...

Gosto de sentir essa espátula a rasgar e espalhar as palavras.
Leio-te e sinto-me tela, e fazes o quadro em mim.
Belissimos trabalhos que aqui tens.
E que bem que os sinto.

um Ar de disse...

E como mudou!...
De repente,
volto ao passado
de setembros
quase esquecidos.
.
Leio-o
como ouvia murmúrios
de conversas
na soleira das portas
em finais de tarde
.
fazia de conta
que dormia
no colo da minha mãe
e ouvia...
.
quase rezas
murmuradas
para não acordar
a menina...
que acordada estava.
.
Resta-me um banco
tripé 3 pés
mais curtido
ainda do que este.
.
Memórias...
também.
.
[Beijo... do meu passado, teu presente]

Cândida disse...

ñão vi bem o teu blog. passo kom mais calma. inté.

Maria Laura disse...

Três mapas de vida. Rugas de horas vividas. Três caminhos de palavras.

Dois Rios disse...

sulcos do tempo

marcas vividas

olhares a percorrer.

beijo
inês

RAFAEL REYES LÓPEZ DE NEIRA disse...

A cor das palavras nuas que aquí podense ouvir está, acho eu, muito bem escolhida.
Cor sepia, de terras e de olhos.
BeijO e segue remexendo, ainda que nao mude o poema.

~pi disse...

obrigada a todos ~

[ sei que não é bom-de-ler

ou

de-bom-ler :)

Oliver Pickwick disse...

Uma superprodução de ~pi. O George Lucas que se cuide.
Trabalho grandioso, um dos seus melhores. Continuo fã e freguês da sua criatividade/modernidade.
Um beijo!

Stella Nijinsky disse...

Abraça-me, aquece-me, embrulha-me, protege-me, toma-me, tua

Stella

disse...

pi~ você e tua genialidade...sempre a me surpreender e encantar...Estive fora,portanto ausente.
De volta ... encontro ...Luci? Será?
Adoraria...Beijos todos!

Ruela disse...

beautiful smile

;)))))))





well



not




only






the







smile






;)



bjs.

untalgregorio disse...

Muito bom! pi, não deixas de me sorprender.
Um abraço

Bill Stein Husenbar disse...

Três pessoas, três vidas, três caminhos...

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

0.04 disse...

paralá
do mar
ão.

(em que phantástica viagem me levaste pela mão...)

ves
tal.
*

A Conxurada disse...

Acabo de descubri o teu blogue...e tes unhas fotografías marabillosas.

un saúdo.

Post-It disse...

Coisas boas...

Anônimo disse...

e a historia das flores,

olho a olho,

brilho a brilho


d

Loading...