dias-da-sus.pensão ( dias-suspensos ).

calma-contra-calma.calma-contra-errância.

(o lado mais pre.visto do jardim)


insectos pastam o tronco imenso

zumbidos ásperos da presença que aceleram.rumores d´arder


a gente ali invisível

línguas suspensas das letras

como bagos de romã.









Foto: Lulu

10 comentários:

legivel disse...

parece que estou a vê-los

antigos

como novelos de lá pura

desfiados em fantasia no papel

e duram duram duram

como as pilhas duracel






sei que serei castigado pronto
sei e assumo ponto
risos

~pi disse...

ahhhhhhhhhhhhhhhh....apanhei-te!!!

desta vez não escapas!!!..........




:))))))))))))))))))





.beijO.

Dalaila disse...

Há dias míopes....

dias em que só uma árvore esconde toda a floresta....

hfm disse...

Tens um desafio na Linha de Cabotagem.

Ruela disse...

momentos congelados no tempo

elena disse...

antes que o gelo se parta...

un dress disse...

...antes que tudo se mova

JRL disse...

línguas suspensas como bagos de romã... gostei imenso deste. Beijo Grande.

Anônimo disse...

a gente ali invisível, finalmente
eterna.

~pi disse...

eterno corpo

de letras e bagas.

Loading...