quando estou só invento braços


quando estou só invento

( danças ~





( rasas árias solitárias


quando estou só invento


~ braços bar aços



? donde te l a n ç o


quanto me embarco




foto: jasmim

23 comentários:

Tríade Aumentada disse...

Sim. Que se invente.

Quando estamos sós.

Que se dance.

Que se ria.

Que se dance.

Quando estamos sós.

Mas quando estamos juntos também.

Abraço a triplicar.

maria m. disse...

às vezes é preciso inventar. mesmo os afectos.

Ad astra disse...

invento
o
vento

de um abraço...sem braços
apertado...embaraçado

Anônimo disse...

reinvento-te

hfm disse...

quando te sentes nos braços do voo solitário.

elena disse...

se me embalo e te avanço...

Alessandra disse...

tu me embaraças
há barcas
abraças
com tuas palavras!

legivel disse...

... quando estou só, só me dá vontade de engendrar maldades. Mas acompanhado também.

Quando estou só no duche não danço. Canto: baladas. Fazendo olhos de carneiro mal-morto, passando o gel-de-duche de mão em mão como se fosse o microfone, balindo às ovelhas tresmalhadas e distribuindo fotos do artista autografadas. Uma vez escorreguei e dei cá um malho que estava a ver que nunca mais actuava para... os azulejos cor-de-marfim com conchinhas azuis.

rosasiventos disse...

e sinto-me capaz de aguardar em silêncio quase infinito com os meus olhos de susto usado
um sobressalto teu
um gesto ao acaso
um instinto pulo como um desalinho

tufa tau disse...

quando estou só também o faço

anatema disse...

Cuando estoy sola

me fustigo

me lastimo

me maldigo

y digo

una y mil veces:

nunca más

su faz

entorpecerá

mi vida.

Gi disse...

e as palavras como que dançam ao ler-te.

braços e abraços sem embaraços

e um beijo também

Ruela disse...

incrivel como a calça fica suspensa sem escorregar ;)

ivone disse...

e assim

invento____me

quando
estou
S
Ó

nana disse...

inventa-me uma qualquer dança de braços.....












..






x

Vi Leardi disse...

Estar só, e se inventar a dois....
avançar e dançar...

A dança dos caracois...dos seus cabelos...

beijos

rosasiventos disse...

obriga-me a dizer-to

ana disse...

lanço asas de chumbo amarelas

Spectrum disse...

Que extraordinária dança de palavras, Pi!
Silencio-me.
:)***

~pi disse...

invento-vos por dentro de mim.

a todos ~

L.Reis disse...

...e se os braços forem apenas vaga que embala este querer à deriva?

PHYLOS disse...

Inventar é preciso. Seu toque poético me parece a bater de asas de uma borboleta. Bela mensagem.

~pi disse...

b
o
r
b
o
l
e
t
e
a
r

Loading...