sou uma pedra inclinada ao farol

sou um tronco a secar-se calado



uma voz que enlouquece de azul

corpo.pó que enrouquece



algemado







foto: Marcio M Pil

20 comentários:

nana disse...

...




abraço-te.


ouço-te a voz.


até que reconheças a côr de ti.











x

Dalaila disse...

mas sou...
em pó,
preso,
mas tenho voz, porque enlouqueço

rosasiventos disse...

chocolate

e

sapato de ferro



chocolate

hfm disse...

és poesia.

hfm disse...

és poesia.

ana disse...

algemado corpo de sombras e pedras, faróis assassinos, que os há...

Stella Nijinsky disse...

Algemado, constante,
inerte
uma pedra ou um tronco,
um farol é um guia!
Amanhece!

Beijo,

Stella

elena disse...

não dormir a luz da manhã...dormir o sol ser normal morrer a virgem de cobalto k sou,,,

Gi disse...

faz com que a pedra não seja pó
faz com que a voz não me falte
porque se a pedra se inclina
não sou farol, sou arte

beijos :)

Anônimo disse...

pedra tronco voz pó e mel

Rui disse...

Veio a chuva de braço dado com o vento e espalharam um imenso arco-íris pela paisagem.

anatema disse...

Bellísimo.

Enloquecedor.

Rojo sobre gris.

Un beso.

legivel disse...

a roupa estendida ao sol
no quintal do sô Joaquim
ao fundo mais um farol
mais um farol ai de mim!

Ruela disse...

sou uma pedra :)

un dress disse...

eu quero ser.leve eu quero ser.breve eu quero ser.água

K disse...

algemado? livre? Estas encostas oferecem a promessa contida nessa voz rouca de loucura...

~pi disse...

rouco

louco


tosco

incompleto


saturado

Alessandra disse...

cavo meus olhos fundos
nos veios da pedra
petrifico-me
a tua eternidade...

beijos infinitos!

JRL disse...

voz que enlouquece de azul... e enlouqueces... ;)

~pi disse...

rasgo sulcos

onde hiberno

e

enlouqueço

talvez decida

se me

petrifico

eternamente

Loading...