//// orange red









mandíbula língua
septo nar iz negro

arco hi ato semi lunar



osso hióide: pulso pronto a caminh ar




tudo es magado: vidros e nervos:

assim assim fio a pavio

>> im primir << : el i minar // ~





~ ////////





foto Pedro Casquilho


29 comentários:

~pi disse...

pas s ar:


pas ~ sages

* hemisfério norte disse...

hi ato
á

bjs
a.

anitta disse...

eres tu?

beijo

RAÚL disse...

guapa! :)

Baudolino disse...

e vamos enchendo a via de hiatos.

josé louro disse...

Forma e conteúdo. Bonito.

Spectrum disse...

Adorei a intemitência.

ana disse...

hiato, acto

~pi disse...

anitta, sim: era uma das caras de ~pi :)


raul, guapo... tu! :)


bem, e substituí a foto, sim! :)








beijO ~ s

mariam disse...

laranja incrível!
"fio a pavio"........................mesmo!

um sorriso :)

disse...

De fio a pavio...

És teoria, sou prática:

esqueço outros pontos da gramática

e afio verbos de amor

no fio de tua língua-navalha.

Ávida e louca, minha língua é verbo ativo

pavio aceso, fornalha

preparando a seara

para o prazer de tua boca.

Meu amor é quase um grito

entrecortado de pranto.

Teu pretenso amor é um mito

e entre o fio e o pavio

há perigos de desencanto!



Na ponta de minha língua

o desejo é nervo exposto

teu amor, afiada navalha

debaixo de minhas papilas

o desejo me retalha.


Maria Ester Torinho

herético disse...

.

fio a fio...
pavio. ardido.
eliminado.

Dalaila disse...

o laranja que nos veste que nos arranca para outro lado do mar, passagem...

Maria Laura disse...

Orange red que nos queima, nos arde. Fio a pavio.

mdsol disse...

É isto. Até um osso hióide é poético!
:))

maria m. disse...

im primir

ivone disse...

a imprimir
pois
claro


.i

Ad astra disse...

partes co corpo

que são

alma

tufa tau disse...

impossível falar
fico a olhar

o mar

Justine disse...

Arrancar a poesia dos ossos, enformá-la em imagens luminosas e letra pequenina, quase eliminada...
belo como sempre

legivel disse...

... a impressora nega-se.

eliminei-a do número das impressoras vivas.

agora sim: posso assoar-me e depois ler as últimas notícias.

"assassinada, não chegou a imprimir o epitáfio"

ContorNUS disse...

passam
em ritmo com|passado as tonalidades eternas

EDUARDO disse...

sinto!! es tu aqui!! linda...


paradoxos

MentesSueltas disse...

Es mi primer visita... me gusto leerte.

te abrazo desde Buenos Aires.
MentesSueltas

L.Reis disse...

...cadinho
.......almofariz
..........forja
..............forjar
.

lupussignatus disse...

maduro

céu

brota

da

terra

Ruela disse...

imprimi no olhar,
belo.


bjs.

JRL disse...

tens uma imaginação prodigiosa. fizeste-me sorrir. bEiJo ;).

Alessandra disse...

a melodia

a nos enredar no poema e a dar-nos o sentido sem explicar...bjs!

Loading...