* . ][ po i nt

para gra a a aaaaaaaa a a a ~ph (










*













~


23 comentários:

Vanda disse...

~Pi,

pois que um pono final, afinal representa o inicio das reticências. da vida. dos pensamentos. do sentir.

Pois que o fluxo não termina, a não ser num outro inicio, numa outra esfera ou numa outra dimensão...

E a simplicidade da profecia, revela-se assim, num simples ponto final...


Um beijo, bom fim de semana!

mariam disse...

.
-

a foto está demais!


(adoro fotografia)

e é um gosto vir aqui.

bom fim-de-semana
um grande sorriso :)

mariam

Su disse...

saudades.............

jocas maradas.sempre

anatema disse...

Amiga mía. Perfecta conjugación de música, imágenes y palabras.

Me conmueve el Douro, este río que nos une en un paisaje único, en un sentir idéntico. Y así será siempre, por los siglos de los siglos.

Un besito.

~pi disse...

in ter valo para ser

sentir muito

reconhe cer pro fundamente
( mas sobre tudo de querer viver na prática da vida, do pão, da fonte, do caminho,

que

amar é ar riscar, deixar ir a linha que nos sustém (na nossa tão aparente e ilusória auto-suficiência ~

~ há tantas palavras que se podem dizer, mas acabam a ser as mes mas e a ter tantas leituras e re fle xos quantas as pessoas, (

particularizamos as palavras para pro veito para defesa para go zo, para im aginar que pos suímos os mundos que desejamos nossos, sim, aplicamos aí tantas es forçadas línguas!!

(e sei que embora nos brilhem e sejam por vezes sangue, verdade e part ilha e brincad eira, as letras-que-lemos
também nos a mal gamam a aparências, também nos tornam in distintos e cúmplices de mortes, também afastam a vida nos seus mais exploratórios, belos e singulares sentidos - os que procuro :)

(assim, e de todo, não quero a vida substituída pelo intocado -asséptico das palavras!

e por isso, neste momento, porque vou segu indo
este fio, este relativo hiber nar este ~pi o - arre ~pi o
de re fle xão, não me apetece dizer nen huma.
pouquinhas ou quase nenhuma palavra

quer venham aqui, quer não,

até já, até que,


OBRIGADA


(ABRAÇO_VOS COM AMOR)





~

burro disse...

então, deixo um beijo muito grande.

e um dezembro bom.

e se continuares no teu pio arrepio um bom 2009

lupussignatus disse...

dedilhar

saudades


acordar

paisagens

(inte.rio.res)



[de ânforas

e âncoras

in.son.oras]

LM disse...

for love behaves contrary to normal

/t. disse...


<3

O Profeta disse...

Espantosamente espantoso...

Doce beijo

D. disse...

Aonde encontro-te. Sinto falta de teus escritos.
Avisa-me.

D.

legivel disse...

... vou colher uma flor e depois ponho-me na fila para te cumprimentar. As flores são tuas? Ora, o que interessa é o gesto.

beijos e sorrisos.

f@ disse...

Embalo as pa lavras aqui para o sonho o teu ador me cimento tranquilo...

Beijinhos das nuvens

burro disse...

tenho saudades de mais coisas.




o passarinho tem sorte, tem uma casinha de onde pode sair e entrar livremente e ouvir aquela suave melodis.

burro disse...

lindo.


e agora vou estender-me na palha.

beijinho

casa de passe disse...

isto não tem nada a ver com o post:
cabo verde é muito longe, vives lá?



joão

megat disse...

your blog very beautiful and more info,I like your blog

observatory disse...

que bom pi

tudo aberto

entre dentes disse...

ar aberto à luz

mariam disse...

~Pi,

renovo os votos de FELIZ NATAL!
para si e os que ama

ondas
n
de afectos
a
são o meu desejo

nesta quadra e em todos-os-DIAS-do-novo ano.

um afectuoso abraço e o meu sorriso :)
mariam

JCD disse...

entre as palavras das imagens há um imenso ar aberto por dentro_____

assim ~

.

jordan shoes disse...

can you email me: mcbratz-girl@hotmail.co.uk, i have some question wanna ask you.thanks

Delfim Peixoto disse...

A Fotografia é um Poema sem legendas ou sílabas, mas fala mais alto que mil gritos
ADOREI!

Loading...