~















? como dizer-te que me
par to
na biologia metalizada
dos aviões

) pa ra da no ar



? como dizer-te que me par
to
na quilha perfurante
das aves

) no lo n ge pol ar












75 comentários:

~pi disse...

te [ cidos

te ] c end o







~

Justine disse...

Saudade da pureza dos gestos promordiais, da libertação do acessório, da união com a natureza.
Abraçinho:))

Rayuela disse...

irse*
para poder
volver*
tejiendo
casa
y
camino*

ah! saudade!


b
e
s
o*

Duarte disse...

SAUDADE

Aqui, 

na distância,

é quando 

se nota a Pátria. 

Cada frase, 

cada imagem, 

cada som...

SAUDADE

Um chi-coração

Afranio do Amaral disse...

`

É trabalhar a lá,
fazer um fio,
uma meada,
para depois desfaz-ela, desfia-la.


`

quicas disse...

... do que
se
vê?
... do que
se
ouve?

- o que é nosso...!?

.
.

bj (já tinha saudade s...)

heretico disse...

beijo

Rui disse...

ader ente

arabica disse...

Trans figur ar se {te}

Beijos

via disse...

e é de partir quebrar em estilhaços ou é de partir, ir embora? ou trata-se do mesmo? bjo

augusto, um entre mil disse...

...por vezes

a perfeição acontece.




obrigado

maria manuel disse...

não sei como dizer-te
que me parto
para outros voos
outras águas distantes
destas ruas estreitas
destes campos árduos

não sei como dizer-te
que me par to
de saudade
como a dos teus olhos
quando me vês partir


não sei como dizer-te
que regresso agora
e todos cresceram
mas os lugares são os mesmos
e eu já daqui não sou

Dalaila disse...

sussurrando-te numa nuvem de papel que chegue até ti!

Dalaila disse...

sussurrando-te numa nuvem de papel que chegue até ti!

mdsol disse...

Sempre comoveoramente surpreendente.

:))))

Ruela disse...

;)

legivel disse...

... nem sempre moldamos as palavras a nosso gosto. Quando é assim, o silêncio na escrita é de oiro.

Parabéns pelo poeminha tão cheio de letras polvilhadas de neve criativa.

Beijos, abraços e sorrisos.

/t. disse...

lovely ~pi
spinning yarn
from
eyelashes of lambs

a woman of many & varied skills!

× × ×

/t.

casa de passe disse...

Como poder emos
ou vir-te partir
se escutamos
mais
fortes
os gritos
de par ir?


Ernesto, o avô

Geraldo Brito (Dado) disse...

Muito bom!

Duarte disse...

Nitidez na voz,
sons que penetram,
melodia cativante...
enche-me.

Beijinhos

JPD disse...

Comemorou-se o dia mundial da criança.

Gostaria e ter a garantia que o amor que as crianças nos merecem seria uma prática corrente indiscutível.

Há dúvidas que...

observatory disse...

o face é mais imediato?

ou para aqui ja se acabou a imaginaçao?

Diego Cosmo disse...

http://dcosmo.blogspot.com - Constantes reflexões, Rumo a novos pensamentos! "Cosmo a Pé"

El Éxodo disse...

Precioso. Que magníficas voces tiene la canción portuguesa. Los escuchados ahora, Marizza, Dulce Pontes, Missia, Cristina Branco... maravillosas todas.

Besos.

Sinhã disse...

:-) saudadeus.

arabica disse...

...ao largo...



sentir ao largo...

mixtu disse...

partir...
depois de chegar...

mixtu disse...

parada

a flutuar...

mixtu disse...

mas o vulcão nãome deixa partir..

abrazo serrano

mdsol disse...

Afagada.
Assim
me
sinto
quando
entro
aqui.

bjssssssssssss

:)))

/t. disse...

× × ×

~

JOSÉ RIBEIRO MARTO disse...

Pî, tudo aqui é belo , poeticamente bailado e enigmático....
Um abraço de saudade , Bailarina

______ zé

maria manuel disse...

... e ardem os sonhos do pastor, nas cores do campo que pastoreia, e arde a saudade que estremece na aragem do tempo

Ana disse...

as palavras
___________ a voz
_________________ as imagens


WE ARE ONE

Concha disse...

te he escrito un mensaje en facebook. estoy en Porto el lunes.

Dois Rios disse...

ar Dor

parti tura

do

silêncio

beijo, querida pi.

p.s. estava com muitas saudades de ti. tinha perdido o teu link.

Alis disse...

O en canto de sem pre....
per f u m a d o alvo
essência
a derreter magia...

bjinos

. intemporal . disse...

.

. aqui .

. a subtileza re.inventa a margem da ousadia .

.

. e voa .

.

. abraço .

.

via disse...

por onde tens anadado?

mnemosyne disse...

A mesma vertigem/ronda escava represa/puro deleite

Beijinho :)

K disse...

Há tanto tempo sem uma passagem por aqui!

heretico disse...

poesia limpida! como crsital multifacetado...

beijos

Lupuscanissignatus disse...

parto

sem

dor

jugioli disse...

das essen-cias
puras como perfume.

Carlos Ramos disse...

Um nome verdadeiro pode ser partido
ido
ficado....

mixtu disse...

um ar...
pulando no ar,,,
vo ar...

p ar

num d ar pol ar

no fundo...

and ar

mixtu disse...

abrazo serrano

LM disse...

deixei algo para ti no blogue (http://oblodelm.blogspot.com/2010/09/paideleo.html)
beijos

/t. disse...

 
 
        ~<3
 
 

mixtu disse...

tecer voos

paisagens

sentires

pastos

em circulo

num circo...

mixtu disse...

.. que é a vida...

volando... soltando...

mixtu disse...

abrazo serrano

A.S. disse...

vi(bra)

teu

corpo nu ar(far)

sobre as palavras

sob o manto estrela(do)...

Nome de mulher_____ noite in divisivel

Sinhã disse...

teces, teces, levemente como quem chama por mim.:-)

joaquimdocarmo disse...

E...
uma grande

sau
da
de

Até já! (?...)

mixtu disse...

par to

numa asa...

num vento

num sentir

mixtu disse...

abrazo serrano

ParadoXos disse...

meu Deus!!
que saudade, imensas!

um beijo


Hedu

joaquimdocarmo disse...

É tão triste vir e... voltar de mãos quase vazias! Quase, porque... o que persiste, aqui, enche, sempre, a alma!
Beijinho e... até sempre!

Concha Pelayo- Spain disse...

Hola Lucy,
cuánto tiempo sin pasar por aquí,
no porque me haya olvidado,
he dejado un poco de lado los blogs
y las visitas
y los comentarios.
pero sabes que me acuerdo de ti.

Duarte disse...

Voltei...
Procurei-te!
Mas não te vi.

A música, como sempre, excelente.
Gosto.

Besos

Anônimo disse...

Teias e tramas
do teu sentir.
Gosto de te ver (lá).
Bjs em Setembro
da berrips

mixtu disse...

quem se "quilham" são as aves

abrazo europeo

~pi disse...

o tempo, como as aves,
alonjadas de ventos e quilhas
e logo descendo - nos seus
pezinhos-de-prata,
são tudo o que sabemos




~





~

Rayuela disse...

namaste*

augusto, um entre mil disse...

a rima é como o natal
(é como um homem quiser)
rima com jeito ou sem ele
seja homem ou mulher.

punkt A disse...

Interesujące. Pozdrawiam.
http://punkt30.blogspot.com/

ParadoXos disse...

sabe bem estar de volta!

um abraço, grato pelo voo!

Kiesse

Roberto disse...

muy muy hermoso tu rincón..ven al mío siempre que quieras...

Carlos Ramos disse...

Finalmente consigo comentar o teu blog precioso. Não para te dizer grande coisa, simplesmente que consegui e estou aqui.

mixtu disse...

quilhando... as aves voarão...

jajaja

abrazo serrano

~pi disse...

http://www.youtube.com/watch?v=UUj6o1bXgXU

Olinda disse...

gostei muito.:-)

mixtu disse...

tecendo...

abrazo serrano

Loading...