~











[ pergunta-sem-inter-rogar-com-resposta-in-cluída ( em espelho cur)(vo re/frac/tada
:
não, não pode haver um corpo-de-dor per-manente
na voz ( mesmo-se-muda ) dum corpo-de-amar
:
por aí é inteira a verdade ( e a fé-
-o que da-fé-chama-r-mos,





~

38 comentários:

~pi disse...

querer, sem-pre crer,

sempre ser verdade

( este ver-de crer

como res-pirar,




~

Rui disse...

não ter um nome para lhe chamar

RAÚL disse...

what a voice! casi da miedo, no?
I'm AFRAID

K disse...

Venha de donde vier, tudo que resulta aos olhos do público é a intensidade do drama interior.

observatory disse...

ui pi~

qual é o teu perfume :)?

zzzzzzzzzzzzzzuuuuuuuuuuuu

trztrzttrzrzrzrzrzrzrzrzrzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

mdsol disse...

lindooooooo

:)

heretico disse...

chama. que (cl)ama...
e arde.

beijo

Ruela disse...

you?re on air too ;)

observatory disse...

na verdade

b o n i t o

c/ olhos da manha

tudo se ve melhor

bjº

NuNú disse...

Não pode, dor só temporária, amor é que é para a eternidade

andorinha disse...

Só o a-mar é permanente. Tal como a beleza de uma voz clara como esta.

entre dentes disse...

acreditar
que o amor não é sinónimo de dor.

não é, porque rima de modo piroso!

Mateso disse...

Verdade em semi-colcheia é o a-mar.
Bj.

legivel disse...

flutuaremos nos ares
(de mão na mão)
perguntando-nos

onde começa a dor, amor?

nos céus não há respostas para tal
não é verdade?

e isso é uma felicidade...



Beijos e sorrisos.

mariab disse...

crer, sim. sem saber em quê. talvez só na redenção pela beleza pura. beijos

audrey disse...

Sem Fé .................. o que resta?

vida de vidro disse...

Fé e pureza. Para afugentar a dor. **

Arabica disse...

Com toda a fé.



Beijo

maria m. disse...

mas o amor também pode conter dor

Laura disse...

com fé, com amor, com dor, com palavras, com tudo.
obrigada pelas tuas.

Ana disse...

O que do amor chamarmos, espelho curvo de palavras.

tempusinfinitae disse...

São pontes.

Dois quereres, dois olhares, a fé estiraçada num arco perfeito de se unirem em passagem.

Eu sei, porque já lá estive.

Agora estou aqui e embora ouça o chamar... só posso sorrir e aguardar o regresso na minha vez.

disse...

Minha querida vir aqui é sempre...tentar saber de vc e tentar sentir o teu momento....mas "um corpo de dor permanente em um corpo de amar"...me preocupa.Que pena estas distâncias...me dê notícias...beijos todos...!

lupussignatus disse...

frágil

flor

a que

se evola



[dos lábios]

vaandando disse...

triste,
arrepiante
esperançoso....

abraço bailarina!
____________ JRMARTo

mariam disse...

~Pi,
oh! Pi,

adorei.ponto.

deixo-te(posso?)um raminho de frésias, um abraço e o meu sorriso :)
mariam

meus instantes e momentos disse...

lindo. Maravilhoso. Belo de ler e de ver.
Parabens,
Maurizio

AnaMar (pseudónimo) disse...

Belíssimo.
E nada é permanente.
Bj

legivel disse...

... ok, ok, os Bee Gees corariam de vergonha...


BEIJOS

anitta disse...

que maravilla de voz
atonita me quedo
un beijo

Dalaila disse...

Caminhos que se respiram

/t. disse...

a
  great
    version
      of this song

¤ ¤ ¤

/t.

pi&phi disse...

We surfing in the air.

Pois nao, é verdade, nao posse haver esse corpo, de facto nao o há.
Só há pássaros inexplicaveis.
Beijo

triliti star disse...

a des cansar ...?


bom fim de semana

Dois Rios disse...

permane ser num corpo de amar.

sem dor per manente.

voz para en cantar.

beijo,

inês

Oliver Pickwick disse...

As vozes tem muitas moradas. Às vezes, em caracteres verdes, clorofila da fotossíntese poética.
Um beijo!

Oliver Pickwick disse...

P.S.: "Verde que te quiero verde, poetisa

Verde viento. Verdes ramas..."


García Lorca

Loading...